Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sábado foi dia de mudar de visual. São 11 anos e gostos próprios que eu tento respeitar...

Lá fomos nós na hora marcada, com foto, para mostrar à cabeleireira, do corte que queria fazer, naquele cabelo lindo e desalinhado que me fazia vê-lo ainda como o meu bebé.

Desde pequeno que é ele quem decide o corte de cabelo, mas até agora tem sido muito parecido com os meus gostos - cabelo mais compridinho - e eu não só não me meto como até me divirto a vê-lo inspecionar minuciosamente o trabalho dos profissionais - é muito exigente e não pára de questionar, não permitindo qualquer tipo de falha.

Desta vez a escolha levou inclusive a corte com máquina. Quando a cabeleireira fez o anuncio, até estremeci - não gosto particularmente de cabelos muito curtos em homens -, mas como mãe que respeita o seu filho nas suas escolhas - desde que aceitáveis e razoáveis -, lá disfarcei o nervosismo e apoiei-o, como sempre tento fazer. Se quero que ele tenha identidade própria tenho que respeitar, o mais possível, os seus gostos pessoais.

Foi uma verdadeira "carecada", mas fica-lhe bem e realça os olhos e o rosto - há que ver o lado positivo da coisa -, mas em menos de meia hora o meu príncipe passou de "bebé" grande a pequeno homenzinho... Está lindo - que mãe não acha o seu filho lindo, em qualquer circunstância -, mas é oficial que está a crescer rápido demais e a ganhar asas para voar!

O resto do dia correu muito bem e no final ele disse-me: "Mãe, já reparaste que hoje me respeitaste mais e não me ralhaste tanto?"

Eu respondi: "É, hoje estás mais crescido, mais responsável!"

Assim se acorda para a realidade!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ