Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


13
Mar17

Adoro...

FB_IMG_1489333725674.jpg

Ainda bem que há pessoas assim. Gratidão por existirem e fazerem parte da nossa vida!

Obrigada filho por alegrares tanto o meu coração!

Autoria e outros dados (tags, etc)

FB_IMG_1488841279165.jpg

Não há nada que pague, nada se assemelha... É um amor inigualável. Pena nem todos perceberem isso, ou quando percebem... é tarde demais. 

Nunca é demais o amor, carinho e atenção que damos aos filhos, lado a lado com as regras, pois é isto que distingue, na idade adulta, os que são felizes, mental e emocionalmente saudáveis, de todos os outros, que são cada vez mais a maioria, por estarem em segundo plano para quem os concebeu e deu vida. Os nossos filhos são responsabilidade nossa e não dos outros. Paga caro quem delega.

Ter um filho deveria ser o ato mais consciente e responsável de todos.

Pais presentes que sabem amar e educar, têm filhos mais felizes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Se a tua vida depender do meu amor, viverás além da vida pois eu amo-te além do amor."
IMG_20170218_134035.jpg

Contigo é assim filho... Amo-te além do amor, seja lá isso o que for, com a certeza de que é o melhor, por ser amor!

O meu amor por ti é verdadeiro, infinito, de entrega e dedicação. É um amor sem igual, difícil até de expressar!

Se algo me tranquiliza e aquieta a alma é que, contigo, não deixo nada por fazer, nada por dizer. Sinto sempre que aproveito todos os momentos que passo na tua companhia, da melhor forma possível, com entrega e amor, respeitando o teu espaço... e também o meu. 

Nem sempre corre tudo da melhor forma possível, mas é natural - a perfeição não existe -, tu és o filho e eu além de amiga, acima de tudo, sou tua mãe e como diz o ditado: "quem dá o pão dá também a educação", sempre com muito amor!

Sinto saudades nos dias em que não estás comigo, mas fico feliz por saber que estás bem!

Amo-te daqui até à lua e da lua até aqui!

Beijos gigantes!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Mar17

Viver a vida...

FB_IMG_1488279745407.jpg

Só por hoje vamos ser felizes! Vamos viver o momento presente e desfrutar de tudo o que temos de bom. Um dia dedicado ao descanso e ao amor!

Bom dia!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado foi dia de mudar de visual. São 11 anos e gostos próprios que eu tento respeitar...

Lá fomos nós na hora marcada, com foto, para mostrar à cabeleireira, do corte que queria fazer, naquele cabelo lindo e desalinhado que me fazia vê-lo ainda como o meu bebé.

Desde pequeno que é ele quem decide o corte de cabelo, mas até agora tem sido muito parecido com os meus gostos - cabelo mais compridinho - e eu não só não me meto como até me divirto a vê-lo inspecionar minuciosamente o trabalho dos profissionais - é muito exigente e não pára de questionar, não permitindo qualquer tipo de falha.

Desta vez a escolha levou inclusive a corte com máquina. Quando a cabeleireira fez o anuncio, até estremeci - não gosto particularmente de cabelos muito curtos em homens -, mas como mãe que respeita o seu filho nas suas escolhas - desde que aceitáveis e razoáveis -, lá disfarcei o nervosismo e apoiei-o, como sempre tento fazer. Se quero que ele tenha identidade própria tenho que respeitar, o mais possível, os seus gostos pessoais.

Foi uma verdadeira "carecada", mas fica-lhe bem e realça os olhos e o rosto - há que ver o lado positivo da coisa -, mas em menos de meia hora o meu príncipe passou de "bebé" grande a pequeno homenzinho... Está lindo - que mãe não acha o seu filho lindo, em qualquer circunstância -, mas é oficial que está a crescer rápido demais e a ganhar asas para voar!

O resto do dia correu muito bem e no final ele disse-me: "Mãe, já reparaste que hoje me respeitaste mais e não me ralhaste tanto?"

Eu respondi: "É, hoje estás mais crescido, mais responsável!"

Assim se acorda para a realidade!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Fev17

Desculpa...

A vida nem sempre é fácil, nem nós estamos sempre no nosso melhor... Nestes momentos, inevitavelmente - digo eu -, os mais próximos acabam por padecer deste nosso mau estar. É um misto de nervos e falta de paciência, que resulta na culpa por "descarregar" neles energias que não são propriamente as melhores. Esperamos, no entanto, que haja alguém com bom senso e sabedoria para nos chamar à razão no tom certo, por forma a que tudo aquilo termine da melhor forma possível.

Quando a família é de dois sendo um deles pré adolescente, tudo se pode complicar e mesmo depois de passada a "tempestade", vêm os remorsos, inevitavelmente, que derivam da consciência de não termos sido propriamente justos, de não termos agido como seria suposto e desejável. É então momento de humildemente pedir desculpa pelo sucedido e talvez até explicar o motivo pelo qual estávamos meio descontrolados, porque eles são crianças mas não são "burrinhos" e percebem, com certeza, que todos temos momentos e dias assim, menos bons, de algum descontrolo, lamentavelmente.

Como em tudo na vida, não há nada que o diálogo não resolva, se houver honestidade e humildade nas palavras. Quando há amor e compreensão é possível!

Desculpa filho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje, dia em que se celebra, oficialmente e por todo o mundo, o amor, quero dizer-te que não tenho palavras para quantificar o que sinto por ti, de tão grandioso que é este sentimento. Amo-te daqui até à lua e da lua até aqui, vezes e vezes sem fim.

Tu ensinaste-me a  amar de uma outra forma, numa outra dimensão, que nada e ninguém poderá jamais destruir. O amor que sinto por ti é único, intransmissível e insubstituível, não podendo ser comparado a nenhum outro por ser tão único e especial. É assim o amor de uma mãe por um filho, tal como é único o amor de um filho pelos seus pais.

Viver e partilhar a vida contigo é uma bênção e traduz-se num processo de aprendizagem constante, onde o objetivo é cada um de nós se transformar na melhor versão de si mesmo.

Somos muito felizes juntos - sinto-o e vejo nos teus olhos - e desejo que assim seja sempre.

Amar-te, ter-te perto de mim, ver-te crescer, partilhar a vida contigo - o melhor e o menos bom -, é para mim uma bênção, a maior de todas as graças que me podia ter sido concedida. Tu sabes - porque sentes o mesmo em relação a ti - que eu sou a pessoa mais importante da minha vida, mas és tu quem mais potencializa a felicidade e o amor que sinto, todos os dias!

Amo-te filho e viver este amor faz-me ainda mais feliz!!!

 maxresdefault 1.jpg

PS - Hoje não estamos fisicamente juntos, por isso desejo que tu e o pai aproveitem este dia de forma especial, com todo o amor. Amanhã, comemoramos nós, com tudo o que temos direito, porque tudo o que é bom na nossa vida é motivo para festejar!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Faz hoje quatro anos, filho, que começamos uma nova vida... a dois.

Foi um novo começo para mim, mas sei que o foi também para ti, e não foi fácil...

Crescemos muito, juntos e fisicamente separados, nestes quatro anos e tal como me disseste um dia: "Sabes mamã, a vossa separação foi muito importante para mim, porque me fez dar mais valor à vida" - não imaginam o que senti quando ouvi o meu filho, então com 9 anos, dizer-me isto...

Pois é filho, a vida ensinou-me muito mas tu não me tens ensinado menos e de ti recebo grandes lições de amor, compreensão, aceitação e amizade. Partilhamos tudo e é isto que nos faz crescer, tu e eu. Ouvimos o outro sempre com muita atenção e entendemos perfeitamente o que cada um de nós pensa e sente, nas mais diversas situações. Apoiamo-nos, compreendemo-nos e a crítica, quando existe, é construtiva. Aceitamos no outro e em nós mesmos que não somos perfeitos - somos humanos -, mas valorizamos tudo e respeitamos, que é o mais importante.

Dou por mim a ter conversas contigo que não tenho com a maioria dos adultos que me rodeiam e sinto que me entendes melhor do que ninguém.

Entre nós não há orgulho, é palavra e emoção proibida, nem há lugar a zangas muito menos a ressentimentos. Tudo é falado, "discutido" e tratado no momento, para que não fique nada por dizer, nada por fazer. Nunca, jamais, deixamos de dialogar e por pior que seja a desavença, falamos, falamos e falamos até que deixe de existir.

Das coisas mais importantes que tento passar para ti é que temos que amar e respeitar os outros tal como são e não como gostaríamos que fossem. Temos e devemos reconhecer as qualidades, realçando-as, mas também é importante reconhecermos e aceitarmos os defeitos e as falhas - nossas e dos outros - continuando a amar, mas sem fantasias. Sempre que fantasiamos algo ou alguém, mais cedo ou mais tarde, somos deparados com a realidade e nesse momento somos obrigados a fazer o luto do conto de fadas que existiu, como todos os outros - apenas na nossa imaginação.

Exponho, a ti, as minhas fragilidades para que percebas que todos as temos, é normal, e não é por isso que somos menos, melhores ou piores do que os outros. O que importa é sermos nós mesmos e amarmo-nos incondicionalmente, em primeiro lugar e acima de tudo, com humildade.

É este o caminho que temos feito, lado a lado e, com altos e baixos, como acontece com todos, as coisas têm corrido bem e somos os dois assumidamente felizes.

Assim vivemos, assim aprendemos e crescemos, assim somos felizes todos os dias da nossa vida, apesar das dificuldades e contrariedades!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nem sabem o que me aconteceu hoje...

Esta manhã o meu filho tinha uma consulta de cardiologia marcada para as 9:00. A marcação foi para a casa do pai e ele enviou-me uma cópia da carta, por e-mail. Organizei-me para ir com ele - embora para mim seja mais complicado porque não tenho isenção de horário... - e estava lá à hora marcada. Tirei a senha para sermos atendidos na secretaria e qual não é o meu espanto, chegada a nossa vez, quando a senhora que nos atendeu me disse que não havia marcação alguma em nome dele nesta data, nem para a especialidade referida. Liguei ao pai para perceber o que se passava, porque não levei a carta comigo. Ele confirmou que era hoje, dizendo inclusive o nome da médica, o que deixou a funcionária do hospital cada vez mais indignada. A determinada altura eu oiço o nome do hospital e percebo que não é aquele onde me encontrava com o meu filho...

Ups, fui para o hospital errado. Distraída como sou - sim, eu não tão sou perfeita como gostaria, nem como os outros me julgam -, nem abri o ficheiro anexo ao e-mail, que o pai do meu filho me tinha enviado, e não vi que o hospital era diferente do habitual. Ele tem tido todas as consultas no mesmo hospital - no outro teve apenas as consultas que tiveram a ver com as duas operações que já fez -, por isso nem me passou pela cabeça que não fosse ali. No momento fiquei furiosa, acima de tudo comigo, mas como qualquer ser humano imperfeito, que se preze, descarreguei nele dizendo que sabe como eu sou e nem assim me ajudou. É claro que objetivamente a responsabilidade é toda minha, mas nestes momentos alivia dizer disparates e tentar pôr no outro a responsabilidade do erro que acabamos de cometer.

Enfim, agora é tentar remarcar a consulta e rezar para que não demore muito tempo.

Mãe que é mãe gostaria de ser perfeita, mas não é, lamentavelmente, ou talvez não!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje estamos no dia do pijama... Pijama; filmes; séries juvenis; jogos e algum estudo, porque tem que ser - semana de inicio de testes. Há ainda um helicóptero - Lego Tecnic - para construir, mas ainda não reunimos vontade suficiente para iniciar esta aventura (são sacos e saquinhos de peças e um livro de instruções que quase parece um romance)... Vai ser trabalho e tanto, com concentração, para que nada falhe e no final fique top!

Quando a obra estiver concluída - sabe Deus quando - mostramos o resultado, que sará em tudo semelhante/igual e este:

1139492.07_3.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ


subscrever feeds